Detox para a Alma

Embora registros da medicina milenar indiana já orientassem a prática de técnicas visando a limpeza do organismo há cerca de seis mil anos, que se mantiveram ao longo dos séculos, mas foram sendo esquecidas nas ultimas décadas, nunca se falou tanto em dieta detox como agora.

Detox seria a abreviação da palavra “detoxification” em inglês, que significa desintoxicar, ou seja, eliminar ou estimular o organismo a eliminar toxinas. Ideia extremamente apropriada para nossos tempos já que há quarenta anos já ouvíamos pesquisadores falarem dos malefícios dos pesticidas e químicos criados pelo homem para tratar nossos alimentos.

detox-alma2

Imaginar que, com o passar do tempo, adicionamos antibióticos, vacinas, hormônio do crescimento, modificamos a genética de sementes e grãos e, cada vez mais, criamos químicos e mais químicos, desintoxicar o organismo seria realmente algo que não poderíamos deixar de praticar.

Mas como sempre buscamos refletir sobre “novos” conceitos, e principalmente rótulos, devemos fazer o mesmo a respeito dos programas detox que surgem no mercado.

Assim como já aprendemos que simplesmente querer “emagrecer”, ou buscar o peso ideal, é um projeto fadado ao fracasso, o mesmo pode se repetir em relação ao programa detox se não levarmos em consideração por onde começar e a forma correta de fazê-lo.

É que limpar o organismo além de importante é extremamente necessário, mas a verdadeira limpeza deverá começar na esfera psíquica e energética, para somente assim ela ser eficaz e também duradoura.

Não temos dúvida de que fazer um detox alimentar trará benefícios e melhoras serão percebidas em relação à saúde. Mas logo logo os sintomas de intoxicação retornarão, afinal, assim como as antigas dietas para emagrecer, seguiríamos o ritmo do “emagrece e engorda”.

Quando entendemos que nosso corpo físico é regido por uma plano superior, seria sensato, e por consequência correto, iniciar o processo de detox por este plano.

Limpar a sujeira acumulada no plano físico pode até trazer uma aparente melhora do bem estar do nosso corpo, mas esta melhora provavelmente não durará muito tempo. Seria como se quiséssemos lavar uma escada de baixo para cima, sendo o mais fácil o inverso.

detox-alma3

Para que um verdadeiro plano de desintoxicação seja eficaz precisamos começar limpando nossa alma, removendo os sentimentos negativos, como a culpa e a mágoa. É preciso revisar os valores a respeito de vida que se vive, da nossa real importância neste mundo, e o que representamos para aqueles que estão ao nosso redor.

Desintoxicar a alma pode parecer difícil, já que não tem receita pronta, e não estão a venda kits para tal, mas um ótimo exemplo é a prática do verdadeiro perdão, onde a partir dele eliminamos as toxinas da nossa alma, que se torna ampla, leve, livre do pior dos venenos e repleta de energia, pronta para, ai sim, iniciar o detox físico.

A Dieta da Mente

E é pensando em modificar nossa saúde começando de “cima para baixo” que igualmente vale a pena considerar tratar nosso corpo físico iniciando pela mente, ou seja, nosso cérebro.
Seguindo a onda de trabalhos que vem mostrando os efeitos nocivos do trigo e outros grãos contendo glúten, o neurologista americano Dr David Perlmutter lançou a obra “GrainBrain” (2013), que rápido chegou ao Brasil em sua versão em português “A Dieta da Mente”.

O médico mostra a surpreendente verdade de como o glúten, assim como os açúcares, são assassinos silenciosos de nosso cérebro. Dores de cabeça, ansiedade, irritabilidade, depressão, défcit de atenção e demência, entre várias outras, seriam doenças causadas pelo consumo errôneo de alimentos, e não por uma herança genética.

Dr. Perlmutter ensina como um programa alimentar para trazer de volta o verdadeiro potencial deste nosso importantíssimo órgão, sem o uso de medicamentos, valorizando nutrientes como as gorduras boas e evitando, claro, os vilões de nossa saúde.

Para ler mais:

Pascoa, Jejum e Saúde

Qual o rótulo da sua alimentação

Lições de Hipócrates e os conceitos da macrobiótica

A Dieta da Mente – Livro